6 mins read

Qual é a patogenia da sífilis?

Qual é a patologia da sífilis?

A sífilis manifesta-se inicialmente como uma pequena ferida nos órgãos sexuais (cancro duro) e com ínguas (caroços) nas virilhas, que surgem entre a 2ª ou 3ª semana após a relação sexual desprotegida com pessoa infectada. A ferida e as ínguas não doem, não coçam, não ardem e não apresentam pus.
Em cache

Quem é o agente causador da sífilis?

A sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) curável e exclusiva do ser humano, causada pela bactéria Treponema pallidum. Pode apresentar várias manifestações clínicas e diferentes estágios (sífilis primária, secundária, latente e terciária).
Em cache

Quais os órgãos que a sífilis afeta?

Se não for tratada precocemente, pode comprometer vários órgãos como olhos, pele, ossos, coração, cérebro e sistema nervoso. O período de incubação, em média, é de três semanas, mas pode variar de dez a 90 dias.
Em cache

Qual a manifestação clínica da sífilis primária?

Sífilis primária: ferida, geralmente única, no local de entrada da bactéria (vulva, vagina, pênis, colo uterino, ânus, boca ou outro local da pele), que aparece entre 10 e 90 dias após o contágio. Essa lesão é rica em bactérias.

O que causa a sífilis e como ela é transmitida?

Sífilis, ou Lues, é uma infecção causada pela bactéria Treponema pallidum. É curável e exclusiva do ser humano, tendo como principal via de transmissão, o contato sexual, seguido pela transmissão para o feto durante o período de gestação de uma mãe com sífilis não tratada ou tratada inadequadamente.

Quais são as fases da sífilis?

Pode apresentar várias manifestações clínicas e diferentes estágios (sífilis primária, secundária, latente e terciária). Nos estágios primário e secundário da infecção, a possibilidade de transmissão é maior.

Qual é a origem da sífilis?

Há duas teorias sobre a origem da sífilis. Uma defende que se trataria de uma doença americana trazida por Colombo ou seus sucessores da América para a Europa. A outra teoria é que a Sífilis seria uma doença antiga do Velho Mundo a qual sofreu mutações que a tornaram mais contagiosa no século XVI.

Qual o tipo de exame que detecta sífilis?

O diagnóstico da sífilis é habitualmente feito através de dois exames sorológicos: VDRL (ou RPR) e FTA-ABS (ou TPHA).

Qual a diferença da sífilis primária secundária e Terciaria?

Para a primária, é feita apenas uma aplicação. Já a secundária exige até três. Por outro lado, como na terciária a T. pallidum chegou em várias estruturas do organismo, o paciente precisa ser internado e tomar o medicamento por duas semanas direto na veia.

Quais as principais causas de sífilis?

A sífilis é uma infecção causada pela bactéria Treponema pallidum. É curável e exclusiva do ser humano, tendo como principal via de transmissão a relação sexual desprotegida.

Como é feito o diagnóstico de sífilis?

O diagnóstico da sífilis pode ser realizado na Unidade Básica de Saúde, através do teste rápido, com a coleta de uma gota de sangue na ponta do dedo. Caso o resultado seja reagente, uma amostra de sangue deverá ser coletada e encaminhada para a realização de um teste laboratorial para a conclusão do diagnóstico.

Como saber se a sífilis está ativa?

Na sífilis em atividade a doença apresenta, habitualmente, altos títulos de VDRL (maiores ou iguais a 1/16). Esta condição ou a elevação de títulos do VDRL em quatro vezes ou mais, comparativamente ao último exame realizado, justificariam um novo tratamento para indivíduos previamente tratados.

Qual a diferença entre sífilis e VDRL?

O VDRL é o exame mais simples e mais utilizado como rastreio da sífilis. O VDRL costuma ficar positivo entre 4 e 6 semanas após a contaminação. Geralmente, seus valores começam a subir uma a duas semanas após o aparecimento do cancro duro.

Quais são as três fases da sífilis?

Pode apresentar várias manifestações clínicas e diferentes estágios (sífilis primária, secundária, latente e terciária). Nos estágios primário e secundário da infecção, a possibilidade de transmissão é maior.

Em que fase a sífilis é contagiosa?

Nos estágios primário e secundário da infecção, a possibilidade de transmissão é maior. A sífilis pode ser transmitida por relação sexual sem camisinha com uma pessoa infectada, ou ser transmitida para a criança durante a gestação ou parto.

Como a sífilis se propaga?

PG: A principal forma de transmissão é a sexual, tanto vaginal quanto oral ou anal. Outra forma de transmissão, que também é muito importante destacar, é a transmissão da mãe para a criança, durante a gestação. Uma pessoa, mesmo assintomática, pode estar transmitindo a doença sem saber.

Qual o nome do exame de sangue para sífilis?

O diagnóstico da sífilis é habitualmente feito através de dois exames sorológicos: VDRL (ou RPR) e FTA-ABS (ou TPHA).

Quanto tempo o vírus da sífilis fica no corpo?

A sífilis é uma infecção sexualmente transmissível (IST), curável e de caráter sistêmico. É silenciosa e, se não for tratada adequadamente, perigosa. Após contato inicial com a bactéria, esta pode permanecer no corpo da pessoa por décadas para só depois manifestar-se novamente.