6 mins read

Qual é a regência do verbo pedir?

Qual é a transitividade do verbo pedir?

Considerando a transitividade do verbo pedir, constata-se que o mesmo é transitivo direto e indireto, pois sempre pedimos algo a alguém. E ao enfocarmos sobre complementação verbal, logo nos remetemos à ideia relacionada ao emprego da preposição.
Em cache

O que é a regência do verbo?

Regência, tanto a regência verbal como a regência nominal, é o processo em que um termo determinante rege outro determinado a ele, estabelecendo relação de subordinação entre os dois. A marca de subordinação costuma dar-se pela preposição que liga um termo ao outro ou pela ausência dela.

Como usar o verbo pedir?

O verbo pedir é um verbo transitivo direto e indireto. Pede, assim, um objeto direto não preposicionado, que indica o que foi pedido, mas pede, também, um objeto indireto preposicionado, que indica a quem algo foi pedido.
Em cache

O que é regência do verbo exemplos?

Regência verbal é a relação existente entre o verbo e os seus complementos, ou seja, é a forma como o verbo se liga ao objeto direto e ao objeto indireto. Essa ligação entre o verbo e os complementos verbais pode ser feita através do uso de uma preposição ou sem a presença de uma preposição.
Em cacheSemelhantes

Como saber quando é verbo transitivo direto e indireto?

Portanto, de maneira resumida, o verbo transitivo direto exige um objeto direto, isto é, exige um completo não preposicionado. Já o verbo transitivo indireto demanda um objeto indireto, o que nos mostra que o seu complemento deve ser antecedido por uma preposição.

Qual é o verbo de pedir?

pedir – verbo

Indicativo
Presente Pretérito imperfeito Pretérito perfeito
peço pedes pede pedimos pedis pedem pedia pedias pedia pedíamos pedíeis pediam pedi pediste pediu pedimos pedistes pediram
Conjuntivo / Subjuntivo
Presente Pretérito imperfeito Futuro

Como saber se é regência nominal?

É a relação entre o nome e o termo regido

Regência nominal é a forma que os substantivos, adjetivos e advérbios se relacionam com seus complementos. Normalmente, essa relação entre o nome e o complemento é dada por uma preposição.

Quais são os verbos de regência verbal?

Regência Verbal – Alguns verbos que causam dúvidas

  • • Agradar: transitivo direto ou indireto. …
  • • Aspirar: transitivo direto ou indireto. …
  • • Assistir: transitivo direto, indireto ou intransitivo. …
  • • Chamar: transitivo direto ou indireto. …
  • • Implicar: transitivo direto ou indireto. …
  • • Precisar: transitivo direto e indireto.

Quais são os tipos de regência?

A regência pode ser classificada em regência verbal ou regência nominal, conforme a natureza do termo regente:

  • Na regência verbal o termo regente é um verbo;
  • Na regência nominal o termo regente é um nome.

Quais são as regras de regência verbal?

O verbo pode ligar-se a seus complementos de dois modos: com ou sem o auxílio de uma preposição. Quando não houver a preposição, chamaremos o verbo de Transitivo Direto e seu complemento de Objeto Direto. Quando houver a preposição, chamaremos o verbo de Transitivo Indireto e seu complemento de Objeto Indireto.

Como saber se o verbo precisa de complemento?

Verbos transitivos são aqueles que necessitam de complemento porque, sozinhos, não conseguem transmitir uma informação com sentido. Para fazer sentido, o verbo transitivo é concluído com o objeto direto, objeto indireto ou com ambos. Assim, o verbo pode ser transitivo direto quando não é seguido de preposição.

Quais são os exemplos de verbos transitivos diretos?

Exemplos de frases com verbo transitivo direto

  • O aposentado compra livros usados.
  • Os clientes aguardam a sua vez.
  • Os vegetarianos comem ovos.
  • Os adolescentes amam pizza.
  • As crianças pulam corda.
  • Falei o que era preciso.
  • Informei as consequências.
  • O barulho incomoda os pacientes.

Qual é a classe gramatical da palavra pedir?

O verbo “pedir” é classificado como irregular, transitivo e intransitivo e é usado no sentido de “pedir” algo a alguém, ou seja, fazer um pedido: de perdão ou um favor.

Qual o certo pedir ou pedir?

O sentido de “pedir a” é solicitar que alguém atenda ao que foi pedido. Para exemplificar: “O governo pediu apoio aos empresários.” Já o sentido de “pedir para”, com a clássica preposição de finalidade, tem o sentido de pedir algo em favor de alguém.

Qual a regência de amor?

O substantivo amor rege um complemento nominal precedido da preposição [a]. Portanto, a relação particular, entre o nome e seu complemento, vem sempre marcada por uma preposição: Estava ansioso para ouvir música.

Como classificar regência verbal?

A regência verbal indica a relação que um verbo (termo regente) estabelece com o seu complemento (termo regido) através do uso ou não de uma preposição. Na regência verbal os termos regidos são o objeto direto (sem preposição) e o objeto indireto (preposicionado).

Como saber se a regência nominal está correta?

3) Regência Nominal

A regência nominal ocorre quando um nome (substantivo abstrato, adjetivo ou advérbio) é transitivo e, por conseguinte, exige um complemento.

Como saber se a regência verbal está correta?

Para saber se a oração que você está analisando se trata de uma regência verbal sem preposição, ou seja, com objeto direto, a pergunta para o termo regente — ou seja, o verbo — será “o quê” ou “quem”. Assim, o termo regido será acompanhado apenas por artigo quando for necessário.