5 mins read

Quem são os personagens de Iracema?

Quais são os personagens do texto Iracema?

Personagens de Iracema

  • Iracema, índia tabajara, guardadora do segredo da jurema, planta alucinógena;
  • Martim, colonizador português, baseado em Martim Soares Moreno, primeiro colonizador português do Ceará;
  • Araquém, pajé tabajara e pai de Iracema;
  • Caubi, guerreiro tabajara e irmão de Iracema;

Em cache

Quem é a personagem Iracema?

Personagens Principais

Iracema: protagonista do romance, é a virgem dos lábios de mel que precisa se manter virgem para seguir a tradição dos tabajaras. Entretanto, se apaixona pelo português Martim. No final, Iracema vive um amor proibido com Martim e foge com ele, ficando grávida e parindo o pequeno Moacir.
Em cache

Quais são os personagens secundários de Iracema?

ANDIRA – velho guerreiro, irmão de Araquém. JACAÚNA – chefe dos potiguaras. MARANGUAB – avô de Poti, conhecido como “o grande sabedor da guerra”. MOACIR – filho de Martim e Iracema, seu nome significa “filho do sofrimento”.
Em cache

Qual a história de Iracema?

Iracema pertence ao povo tabajara e é a filha virgem do pajé. Martim é aliado dos pitiguaras, inimigos dos tabajaras, e está perdido em território inimigo. O encontro entre os dois dá início a um romance que serve de lenda para contar o surgimento do Estado do Ceará.
Em cache

Qual é o nome do filho de Iracema?

O filho de Iracema e Martim chama-se Moacir, que é, conforme Alencar (1993, p. 77), “o nascido de meu sofrimento”. Portanto, percebe-se que o nome não é por acaso, foi dado porque “Moacir, filho do sofrimento, de moacy (dor) e ira, desinência que significa 'saído de'” (ALENCAR, 1993, p.

Porque Iracema não podia ficar com Martim?

Resposta. Não sei quanto ao filme, mas quanto ao livro ele não pode ficar com ela por ser um homem branco e ela ser uma índia, e pela época e até hoje existem os conflitos entre as duas raças que dificultam a aproximação e aumentam o preconceito.

Quem foi o marido de Iracema?

Iracema viola o segredo de sua tribo e prepara a bebida para Martim que, entorpecido, imagina possuir a jovem índia e, quando desperto, torna-se seu esposo.

Quem é o antagonista de Iracema?

Frente às ameaças de seu antagonista, Irapuã, sua vida é salva ora por Iracema, ora pelo irmão dela, Caubi, ora por Poti, seu amigo pitiguara, ora pelo pajé, pai de Iracema.

Qual foi a traição de Iracema?

O foco da obra é o romance entre Iracema e Martim, branco e civilizado. Muitos consideram uma alegoria da submissão do índio ao branco, entendida como a traição de Iracema ao violar o a tradição indígena e dar a bebida secreta do pajé à Martim.

Por que Iracema não podia se casar?

O livro trata da história de uma índia, Iracema, que se apaixona por Martim (um guerreiro estrangeiro), mas Iracema não pode se casar com ele, pois guarda um segredo, o “segredo de jurema”. O nome do livro é devido ao nome da personagem principal.

Quem casou com Iracema?

A relação entre Martim e Iracema significa a união entre o branco colonizador e o índio, entre a cultura europeia, civilizada, e os valores indígenas, apresentados como naturalmente bons.

Porque Iracema faleceu?

Ela recebe a visita de seu irmão Caubi, que conhece seu sobrinho. Contudo, cheia de tristeza e saudade de Martim, Iracema para de produzir leite e não consegue mais amamentar seu filho. Quando Martim retorna da guerra, conhece seu filho, que é chamado de Moacir. Logo em seguida, Iracema morre em profunda solidão.

Qual segredo Iracema guardava?

—Para elas a filha de Araquém não devia ter conduzido o hóspede à cabana do Pajé. —Estrangeiro, Iracema não pode ser tua serva. É ela que guarda o segredo da jurema e o mistério do sonho. Sua mão fabrica para o Pajé a bebida de Tupã.

Qual o final da história de Iracema?

Enquanto isso ela engravida e tem sozinha o filho às margens do rio. Iracema sofre a ausência do esposo, assim definhando de tristeza. Após a morte dela, Martim, seu filho Moacir (nascido do sofrimento de Iracema), e o cão vão embora para Portugal, mas tempos depois voltam e colonizam o Ceará.

Porque Iracema era chamada de lábios de mel?

Quando José de Alencar diz que Iracema é “a virgem dos lábios de mel”, significa que “os lábios de Iracema são tão doces quanto o mel”. Para João Cabral de Melo Neto, a serra do sertão é “magra e ossuda”, ou seja, é tão seca ( = sem vegetação) que parece um ser muito magro, tão magro e ossudo como o sertanejo em geral.